sábado, 30 de abril de 2011

Cooperando na Vertical

Guia, Cascais.

TSUNAMI - O que fazer? Regras de segurança

1. Nem todos os sismos causam tsunamis, mas muitos sim. Quando souber que ocorreu um sismo, mantenha-se atento aos avisos/alertas de tsunami.
2. Um sismo sentido na sua área é um dos sinais naturais de alerta de tsunamis. Não fique nas zonas costeiras baixas (inundáveis) depois de ter sentido um forte sismo.
3. Os tsunamis são, às vezes, precedidos por uma forte descida do nível do mar, deixando exposto o fundo do mar. Quando o tsunami se aproxima da costa pode ouvir-se um ruído como o de um comboio em aproximação.
Estes são dois sinais naturais de alerta de tsunamis.
4. Um tsunami não é uma onda isolada, mas sim uma série de ondas transportando um enorme volume de água, que pode inundar a terra durante horas. A primeira onda pode não ser a maior. Afaste-se das zonas perigosas até que uma mensagem de fim de perigo seja emitida por uma autoridade competente.
5. Um tsunami pequeno num ponto da costa pode ser extremamente grande a poucos quilómetros de distância.
Não se deixe enganar pelo tamanho das primeiras ondas.
6. Todos os alertas emitidos para a população devem ser levados a sério, embora alguns sejam para eventos não destrutivos. O Tsunami de Maio de 1960 matou 61 pessoas em Hilo, no Hawaii, porque alguns pensaram que era um falso alarme.
7. Todos os tsunamis são potencialmente perigosos, mesmo que não causem danos em todas as zonas costeiras atingidas.
8. Nunca vá para a praia/costa para ver o tsunami. Quando poder ver as ondas, já é tarde para poder escapar. Muitos tsunamis são como cheias repentinas, cheias de detritos e destroços. As ondas de tsunami, geralmente, não se ondulam nem rebentam, por isso não tente surfar num tsunami.
9. Mais cedo ou mais tarde, um tsunami atingirá as costas do Atlântico e dos outros oceanos. Se vive numa área costeira, esteja preparado e conheça os sinais naturais de alerta de tsunamis.
10. Durante um alerta de tsunami, a protecção civil, a polícia, e outras organizações de emergência tentarão salvar sua vida. Dê-lhes a sua total cooperação.


Fonte: UNESCO/IOC-NOAA International Tsunami Information Center
Setúbal.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Da Guia ao Guincho

Cynoglossum sp.

Verbascum thapsus

Verbascum thapsus

Não identificada.

Não identificada.

Plantago sp.

Plantago sp.

Não identificada.

Helichrysum italicum



Cistus sp.

Angelica sp.

Não identificada.

Sedum sediforme

Angelica sp.

Cistus sp.

Não identificada.

sábado, 23 de abril de 2011

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Flores da Guia (XII)

Orobanche sp.

Não identificada.

Plantago sp.

Não identificada.

Chicória (Cichorium intybus).

Não identificada.

Cárdo (Cynara Cardunculus).